5.9.21

Sobre a Guerra Justa ser Impossível

Não é difícil encontrar católicos defendendo a possibilidade de guerra para resolver problemas, sejam de ordem interna, de uma nação, ou mesmo externa, como é o caso da expansão islâmica ou poder global. Também não é de hoje que a Santa Igreja vem tentando explicar que guerrear não deveria sequer ser uma opção.
Cerco do Acre
Dominique Papetys. Cerco do Acre.
1. Entretanto, temos na história humana eventos que precisam ser combatidos antes de acontecerem ou tomarem maiores proporções, lembrando a devastação causada pelas bombas atômicas, lançadas pelos EUA na Segunda Guerra Mundial nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, ou mesmo os milhões de mortos em decorrência do aparelho repressivo da ex-URSS. Nestes termos, busquemos a inspiração necessária naquilo que foi colocado pela Santa Igreja, tendo sempre em vista a Palavra de Deus.
2. Uma coisa é certa: entender a Santa Igreja pelo Papa Francisco talvez seja difícil, uma vez que ele está buscando conduzir a nossa gente num contexto caótico, mas sem conferir o Catecismo da Igreja Católica ou as Encíclicas é muito mais difícil!
3. Guerra justa é a expressão, mas seu conteúdo doutrinal não comporta paradoxos que pudessem torná-la contraditória, motivo pelo qual a dificuldade na reflexão está nas condições colocadas pelo próprio Catecismo da Igreja Católica e a Palavra de Deus, pois Nela diversas imposições são colocadas, começando pelo próprio mandamento “não matarás”. Assim sendo, este é o desafio que nossa gente precisa aceitar para antever os problemas e agir antes que sejam materializados de forma a termos na guerra uma opção de solução.
    Para referenciar esta postagem:
ROCHA, Pedro. Sobre a Guerra Justa ser Impossível. Enquirídio. Maceió, 05 set. 2021. Disponível em: https://www.enquiridio.org/2021/09/sobre-guerra-justa-ser-impossivel.html. Acesso em: dd m. aaaa.

Postar um comentário

Botão do WhatsApp compatível apenas em dispositivos móveis

Digite sua pesquisa abaixo