Anitta e a Hashtag do Showbiz

Quando uma classe inteira de pessoas sustenta uma opinião unificada é porque controle superior exerce influência sobre, principalmente no meio da arte, embora este Enquirídio não atribua como artístico estes produtos do showbiz, pois suas intenções prestam um desserviço aos valores éticos e morais por motivos óbvios. Recentemente, Anitta foi questionada por não apoiar uma determinada hashtag que correlaciona conteúdos difamatórios contra Jair Messias Bolsonaro, candidato à Presidência do Brasil, vítima de atentado terrorista em campanha.
Continuar Lendo

Monja Coen: Comunista ou Budista?

Sidarta Gautama, Buda, legou à humanidade cinco preceitos muito simples de serem seguidos, principalmente por monges ordenados: a) não matar; b) não roubar; c) não mentir; d) não ter má conduta sexual; e) não se entorpecer com álcool ou droga. Karl Marx, comunista, responsável por conduzir ideologicamente os regimes russo, chinês, vietnamita, norte-coreano, cambojano, leste-europeu, latino-americano, africano e afegão a aniquilarem aproximadamente 150 milhões de pessoas do mundo, certamente não poderia ser budista. Monja Coen parece discordar.
Continuar Lendo

Transformando o Vilão em Herói

Tornar o vilão em herói é a principal ocupação das mentalidades subversivas que possuem acesso, direta ou indiretamente, quase irrestritamente aos mecanismos para propagação ideológica. Desta forma, relativizam conceitos essenciais que consolidam as perspectivas éticas e morais da conduta humana e generalizam as exceções, porém, quando convenientes à pseudo-causa que tanto buscam sustentar, embora apenas estejam dividindo e conquistando sistematicamente a Nação aos pressupostos da tirania e totalitarismo do comunismo.
Continuar Lendo

Islamismo & Comunismo Ltda

Verdade seja dita: este Enquirídio iniciou uma série de postagens sobre o Abismo Entre Religiões (link, link) sem contextualizar o grave problema existente no Brasil envolvendo interesses políticos de caráter socialista ou comunista através do fundamentalismo islâmico. Aliás, notório por aqueles que acompanham a política atual com maior profundidade em termos de subversão de valores e implementação de ideologias. Parece próprio, principalmente neste instante, tecer algumas breves considerações acerca desta fusão entre estas duas "empresas".
Continuar Lendo

Jesus Beligerante

Incontáveis são aqueles que incompreendem as analogias messiânicas, caindo fatalmente em contradições pelas armadilhas retóricas, armadas por seguidores de religiões diversas, principalmente por parte do judaísmo e protestantismo. Quando questionam Jesus pelas árduas palavras proferidas na instrução dos apóstolos sobre suas missões, interpretando literalmente a espada que trouxera ao invés da paz profetizada, agarram aquilo que apenas conhecem: materialismo. Qualquer outra interpretação lhes escapam ao raciocínio, embora as chaves estejam nos próprios Evangelhos.
Continuar Lendo

Adelio Bispo e a Insanidade Marxista

Igualmente a outras postagens como A Literal Queda de Um Ministro e A Pressa de Chapecó, acredita este Enquirídio poder contribuir com reflexões circunstanciais, talvez muito mais úteis como memórias ao futuro pátrio. Ontem, 06.07.18, compatriotas brasileiros acompanharam a ruína mental de Adelio Bispo de Oliveira, autor do atentado contra Jair Messias Bolsonaro, candidato a presidência da República Federativa do Brasil, vitimado com uma perfuração na região do estômago enquanto fazia passeata política junto a população na cidade de Juiz de Fora, localizada no estado de Minas Gerais.
Continuar Lendo

Considerações Sobre Tarô - Parte I

Tendo sobrevivido ao tempo, cerca de 500 anos desde seu surgimento na Europa, sobretudo perante as diversas adaptações culturais, ainda assim o Tarô sofre repulsa, sendo, antes de estudado, repudiado por seu caráter oracular. Nesta postagem serão apresentadas algumas breves e introdutórias considerações sobre este sistema de cartas, incluindo suas principais indicações, expondo algumas advertências acerca do controvertido método adivinhatório utilizado por alguns tarotistas, embora não signifique necessariamente em invalidação.
Continuar Lendo

Eneagrama como Instrumento Psicológico?

Decorrente da saturação do mercado de trabalho e somada ao imediatismo na obtenção de resultados, determinados psicólogos encontraram uma maneira de reinventarem seus ofícios. Enquanto alguns tentam tangenciar os aspectos mentais através da matemática, reduzindo sentimentos e experiências em equações meramente numéricas, outros simplesmente tetam adaptar alguns conhecimentos antigos aos padrões aparentemente científicos para vendê-los como novidade, embora apenas estejam se apropriando indevidamente daquilo que certa vez condenaram.
Continuar Lendo

Candidatos Ruins, Eleitores Piores

Maior parte da população brasileira estará exercendo o sufrágio em outubro, porém, pouco compreendendo o significado deste termo. Igualmente, quase nada sabem a respeito de sistemas políticos, incluindo a diferença básica entre Estado e governo. Também não conseguem entender que propostas e promessas se baseiam em indícios de consistência, estando esta vinculada necessariamente à possibilidade jurídica, econômica, geográfica etc. Além disso, ainda confiam na mídia como principal fonte de (in)formação, apesar do acesso facilitado dos fatos pela internet.
Continuar Lendo

Abismo Entre Religiões - Parte II

Quando este Enquirídio iniciou sua série reflexiva em Abismo Entre Religiões - Parte I, ressaltou inicialmente a concordância entre algumas escrituras religiosas. Seguindo a mesma proposta, nesta postagem serão apresentados indícios acerca de questões que parecem ser fortemente evitadas no âmbito mundial, sobretudo quando relacionadas ao sionismo, terminologia utilizada ulteriormente na história para designar determinada corrente ideológica presente no judaísmo, identificada nos próprios evangelhos e adiante pelos muçulmanos em algumas passagens do Corão.
Continuar Lendo