31.8.21

Ritos e Conflitos

O que poderia ter motivado o Papa Francisco a regular a "Missa Tridentina" recentemente? Certamente, trata-se de uma posição mais rigorosa face a questões que, talvez, o próprio católico não esteja percebendo. Portanto, neste momento, importa refletir a respeito sobre aquilo que ficou posto pelo Sumo Pontífice.
Santa Wenceslas e Santa Ludmila na Missa
František Tkadlík. Santa Wenceslas e Santa Ludmila na Missa.
1. Nunca a "Missa Tridentina" foi tão aclamada. Fenômeno que merece uma investigação minunciosa, interessada, prudente. Dentre as possibilidades, ou seja, motivos para elevação do rito extraordinário ao patamar de preservação da tradicionalidade, apenas um tem ocorrência imediata e amplamente conhecida: teologias da libertação. Evidentemente, excluir o rito ordinário como sendo algo menos litúrgico, de menor valor, também não é solução e pode significar uma ruptura na própia Igreja (vide o caso Dom Marcel Lefebvre e principais consequência que perduram até os dias de hoje).
2. Melhor do que esmiuçar a questão é permitir que o próprio Papa Francisco, através dos canais pelos quais se comunica, noticie a regulação incidente para realização da "Missa Tridentina".
3. Simplesmente, melhor nem mencionar as notícias veiculadas pelas mídias nacionais, pois terminam inflamando mais as intrigas do que promovendo a compreensão, motivo pelo qual, para entender aquilo que a Santa Igreja coloca à nossa gente, necessário se faz pesquisar, realmente, nos seus documentos oficiais, ouvindo o Papa Francismo de ouvidos bem abertos, evitando intermédios que possam prejudicar a verdade por trás das ações potifícias. Portanto, que a "Missa Tridentina" signifique o elo entre católicos; jamais a sua ruptura (rememorando as investidas de Martinho Lutero)
    Para referenciar esta postagem:
ROCHA, Pedro. Ritos e Conflitos. Enquirídio. Maceió, 31 ago. 2021. Disponível em: https://www.enquiridio.com/2021/08/ritos-e-conflitos.html. Acesso em: dd m. aaaa.

Postar um comentário

Botão do WhatsApp compatível apenas em dispositivos móveis

Digite sua pesquisa abaixo