Eneagrama como Instrumento Psicológico?

Decorrente da saturação do mercado de trabalho e somada ao imediatismo na obtenção de resultados, determinados psicólogos encontraram uma maneira de reinventarem seus ofícios. Enquanto alguns tentam tangenciar os aspectos mentais através da matemática, reduzindo sentimentos e experiências em equações meramente numéricas, outros simplesmente tetam adaptar alguns conhecimentos antigos aos padrões aparentemente científicos para vendê-los como novidade, embora apenas estejam se apropriando indevidamente daquilo que certa vez condenaram.
Continuar Lendo

Candidatos Ruins, Eleitores Piores

Maior parte da população brasileira estará exercendo o sufrágio em outubro, porém, pouco compreendendo o significado deste termo. Igualmente, quase nada sabem a respeito de sistemas políticos, incluindo a diferença básica entre Estado e governo. Também não conseguem entender que propostas e promessas se baseiam em indícios de consistência, estando esta vinculada necessariamente à possibilidade jurídica, econômica, geográfica etc. Além disso, ainda confiam na mídia como principal fonte de (in)formação, apesar do acesso facilitado dos fatos pela internet.
Continuar Lendo

Abismo Entre Religiões - Parte II

Quando este Enquirídio iniciou sua série reflexiva em Abismo Entre Religiões - Parte I, ressaltou inicialmente a concordância entre algumas escrituras religiosas. Seguindo a mesma proposta, nesta postagem serão apresentados indícios acerca de questões que parecem ser fortemente evitadas no âmbito mundial, sobretudo quando relacionadas ao sionismo, terminologia utilizada ulteriormente na história para designar determinada corrente ideológica presente no judaísmo, identificada nos próprios evangelhos e adiante pelos muçulmanos em algumas passagens do Corão.
Continuar Lendo